Outras Dicas:

Suspensão: Dicas e informações para segurança do Veículo.

Vai viajar? Como está o seu carro?

Palhetas: Procedimentos e cuidados.

Freios Hidráulico.

Faróis e Lanternas: Como preservar e utilizar.

Sistema de Arrefecimento: Como funciona.

FREIOS: LINHA DE ATRITO:

CUBOS DE RODA:
Os cubos são o suporte do disco de freio e onde são fixados os parafusos ou porcas da roda.
Também é pelo cubo que a junta homocinética fixa transmite o movimento para as rodas. A exemplo do disco de freio, o cubo empenado também pode causar vibração no pedal de freio. Também é preciso trocar o cubo sempre que aparecerem problemas com as roscas ou parafusos de fixação da roda.

DISCOS:
Normalmente usado no eixo dianteiro, onde o sistema de freio é mais exigido, também é aplicado no eixo traseiro de esportivos ou tops de linha que exijam maior potência e eficiência.
Podem ser encontrados em configurações para sistemas de freio de estacionamento a disco ou tambor interno. Faça revisões a cada 10.000 km procurando sinais de empenamento, riscos profundos ou pouca espessura. Discos com esses problemas provocam vibrações no pedal de freio, ruídos e superaquecimento do sistema.

PASTILHAS:
Produzida sem o uso do amianto é responsável pelo atrito com o disco de freio. Composta por materiais semi-metálicos é indicada para carros de passeio com discos sólidos ou ventilados.
Verifique a espessura do material de atrito das pastilhas a cada 5.000 km e troque quando estiverem abaixo de 2 mm. Problemas como ruído, mudança de direção na frenagem ou "pedal duro", geralmente são causados por pastilhas riscadas, com molas fracas, mal assentadas, contaminadas por óleo ou "vidradas" (superaquecidas).
Ruídos durante a Frenagem:
Se você ouve um "chiado" quando pisa no freio é forte indício de que as pastilhas se desgastaram e se não forem substituídas os discos também serão danificados em pouco tempo. Sujeira entre o disco e as pastilhas também causam ruído semelhante.

TAMBORES DE FREIO:
Tambores de freio devem ser substituídos sempre que atingirem o diâmetro máximo determinado pelo fabricante ou quando apresentarem trincas, empenamento ou ovalização.
Negligenciar sua troca nessas circunstâncias pode resultar em superaquecimento dos freios devido a menor quantidade de material par a dissipar o calor e diminuição da resistência mecânica o que pode provocar trincas e até mesmo a quebra tambor colocando em risco sua segurança.
www.guthsautopecas.com.br - Todos os direitos reservados